PRP reforça aliança da oposição

A posse da nova diretoria do PRP, presidida pelo deputado federal Jânio Natal, foi marcada pela oficialização do apoio do partido ? chapa dos pré-candidatos oposicionistas Paulo Souto (governador), Joaci Góes (vice) e Geddel Vieira Lima (senador).

Realizada na sede da Abase, na noite desta segunda-feira (09), a solenidade reuniu militantes e dirigentes do PRP, além de representantes da Frente Partidária Jorge Aleluia (PPS, PRP, PSDC, PT do B, PPL, PTC, PMN e PEN), PV e PHS, bem como dos deputados federais Fábio Souto (DEM) e Jutahy Jr. (PSDB), e do pré-candidato Claudio Taboada (deputado).

Reiterando o apoio do partido a Paulo Souto, o novo presidente do PRP, Jânio Natal, disse: ?Governador, confiamos na sua competência e seriedade na gestão da coisa pública, e não vamos dar a ousadia do segundo turno. O senhor será eleito no primeiro turno?.

Grato pelo apoio, Paulo Souto destacou que o presidente Jânio Natal foi um dos primeiros a defender abertamente a sua pré-candidatura a governador. ?O PRP se integra a uma aliança que já reúne vários partidos e será um marco na história das oposições?.

Para Souto, essa adesão reflete o momento que vive a Bahia, quando os baianos estão inconformados com a situação de colapso e descalabro do estado na saúde pública, segurança e educação. ?Vamos voltar a ter confiança no futuro da Bahia?.

O presidente do PSDC, Albino Leal, reconheceu o erro dele nas eleições de 2006, quando chamou o então governo de Paulo Souto de ?faz de conta?. ?Governador Paulo Souto, eu faço aqui um voto de humildade e reconheço que, na verdade, o governo de ?faz de conta? é o de Jaques Wagner, que acabou com a segurança pública, a saúde e a educação em nosso estado?.

Compartilhe