Prefeitura realiza 2.000 testes rápidos de HIV durante Copa do Mundo

A Prefeitura realizará 2.000 testes rápidos para diagnóstico do HIV e distribuirá cerca de 1 milhão de preservativos para prevenção de novos casos de AIDS durante a Copa do Mundo, nos locais impactados pelo evento. Os testes serão realizados no perímetro da Fan Fest, evento da Fifa realizado no Farol da Barra, numa unidade móvel que atenderá das 12h ? 0h, com uma equipe formada por 30 pessoas. As ações foram detalhadas nesta segunda-feira (09) pelo prefeito ACM Neto em evento para lançamento da campanha ?Proteja o Gol?, no Teatro Castro Alves. A campanha é liderada pelo Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV/AIDS (Unaids) em parceria com o Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA), Prefeitura, governo estadual e Ministério da Saúde.

Em todo o mundo, 35,3 milhões de pessoas vivem com o HIV e, no Brasil, aproximadamente 718 mil pessoas têm o vírus. Salvador é a 12ª cidade entre as capitais brasileiras em incidência do vírus. A campanha tem como objetivo transformar esse quadro com ações para zerar novas infecções, atos de discriminação e mortes em decorrência da Aids. Para o prefeito, a campanha chega em momento oportuno e se soma ? s ações já desenvolvidas na cidade para o enfrentamento do problema, a exemplo do incentivo ao diagnóstico precoce, que pode barrar a cadeia de transmissões.

?Conseguimos, por exemplo, ampliar o número de unidades básicas que realizam a testagem rápida, com diagnósticos divulgados em 30 minutos, saindo de 33 no início de 2013 para 96 unidades em maio de 2014. Realizamos, só em 2013, 15.859 testes rápidos em 2013, um incremento de 20% em relação a 2012. Além disso, capacitamos mais de 260 profissionais entre médicos e enfermeiros da atenção básica para a realização desses testes. Um importante exemplo desse esforço são as ações executadas durante o Carnaval. Só nesse ano durante o evento, foram feitos mais de 4.280 testes rápidos e distribuídas mais de 1,7 milhão de camisinhas?, afirmou.

Compartilhe