Assaltante que matou sargento em Camaçari já está preso

O traficante Jackson Bandeira Pinheiro, 20 anos, que matou, com
quatro tiros, o sargento PM Jackson Luís Pereira da Silva, durante
assalto na rua Direta de Jauá, neste domingo (8), foi preso por
policiais das 26ª Delegacia Territorial (Vilas de Abrantes), quando
procurava atendimento médico no Hospital Menandro de Farias, em Lauro de
Freitas.

Em companhia de dois adolescentes, Jackson abordou o sargento Jackson
Luís, que reagiu ao assalto, chegando a disparar um tiro contra o
assaltante. Apesar disso, foi baleado, quatro vezes, com um revólver
calibre 38 e teve a arma, uma pistola calibre 380, levada pelos
bandidos.

Um dos adolescentes foi apreendido em casa e o segundo está sendo
procurado. Após o crime, Jackson fugiu para Portão, onde abandonou o
veículo, utilizado na fuga, no estacionamento de um supermercado.
Autuado em flagrante por homicídio e com passagem pela polícia
por tráfico, Jackson permanece internado no Hospital Menandro de Farias,
de onde deverá ser encaminhado ? carceragem da 26ª DT, assim que
receber alta médica.

A ação que resultou na prisão do homicida contou com a participação
de investigadores 20ª Delegacia Territorial (Candeias), integrantes do
12º Batalhão da Polícia Militar (Camaçari), unidade onde o sargento era
lotado, e da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (Vila de
Abrantes).

Compartilhe