Aliado de ACM Neto diz que Embasa prejudica Salvador de forma deliberada

O presidente do PMDB de Salvador, deputado estadual Bruno Reis, disse nesta segunda-feira (09) que o prefeito ACM Neto quer que a Embasa pague o que deve a Salvador. “O que o prefeito tem falado com a gente da bancada de oposição na Assembleia é que cobre da Embasa o que ela deve ? cidade. Hoje, a Prefeitura faz uma obra de recapeamento, que não é barata, e a empresa vai lá, abre um buraco e, na hora de tapar, faz o serviço com uma qualidade inferior”, salientou.

Bruno Reis afirmou que tem em mãos vários ofícios encaminhados pela Prefeitura ? Embasa informando com antecedência uma lista de vias que passariam por recapeamento e solicitando da empresa que fossem feitos serviços antes da realização das obras. “Mas a Embasa ignorou em muitos casos esses ofícios e, deliberadamente, para prejudicar a administração de ACM Neto e a cidade como um todo, realizou serviços de água e esgoto depois das obras de pavimentação, quando poderia ter feito antes”.

Bruno Reis afirmou que o governador Jaques Wagner e seus aliados, a exemplo do deputado federal Nelson Pelegrino, querem que a Embasa continue esburacando a cidade somente para atingir ACM Neto e, consequentemente, a campanha de Paulo Souto ao governo. “Estão falando até em reunir os prefeitos da Região Metropolitana para tentar prejudicar politicamente o nosso grupo, numa atitude mesquinha e típica do PT. Mas a população conhece a Embasa, sabe dos péssimos serviços prestados em Salvador e em toda a Bahia, bem como dos aumentos abusivos de tarifa. A média de aumento da conta de água na Bahia foi de 10,49% de 2007 a 2013. Em Pernambuco, essa média foi de apenas 6,39%”.

Compartilhe