Deputado comemora aprovação da proposta que restrutura carreiras federais da área ambiental

?A aprovação da proposta que reestrutura carreiras federais da área ambiental legitima uma reivindicação histórica destes profissionais, que virou realidade no nosso governo,? destacou o deputado federal e vice-líder do governo na Câmara, Afonso Florence (PT-BA), durante a aprovação Projeto de Lei 6242/13, na Câmara Federal, ontem (4).
 
O texto altera regras de promoção e progressão da carreira de especialista em meio ambiente e as previstas no plano especial de cargos do Ministério do Meio Ambiente e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
 
Segundo o vice-líder, as medidas em relação ? s carreiras do Ministério do Meio Ambiente pretendem atrair, valorizar e reter servidores com alto nível de qualificação.  ?O objetivo é alinhar as regras de promoção e progressão ao modelo já aplicado em outras áreas do serviço público?.

Além disso, o projeto também cria um quadro em extinção no Ministério da Saúde para os agentes de combate a endemias atualmente lotados na Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Esses profissionais, no entanto, continuam cedidos a estados e municípios, por meio de convênios no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com esse novo enquadramento, muda a estrutura da remuneração, que será composta por vencimento básico mais uma gratificação (Geace). O salário no início de carreira, em 2015, passará de R$ 3.441,27 para R$ 3.823,15.início de carreira, em 2015, passará de R$ 3.441,27 para R$ 3.823,15.

Compartilhe