Copa deve atrair 500 mil estrangeiros

As greves e paralisações recentes no Brasil que projetaram negativamente o país para o resto do mundo, além das obras inacabadas para o Mundial de Futebol, não diminuíram o contingente de estrangeiros previstos para vir ? Copa do Mundo, estimado em 500 mil turistas, segundo a ex-presidente da Embratur (2006/10), Jeanine Pires.

Pires disse que já há 370 mil reservas internacionais de passagens aéreas comercializadas, faltando apenas 16 dias para a Copa. “Se você pegar este balanço e cruzar com os dados de venda de ingressos para estrangeiros da Fifa, a gente já tem em torno de 500 mil turistas internacionais no Brasil no período da Copa”, declarou.

A Copa da África do Sul, em 2010, atraiu cerca de 200 mil turistas estrangeiros. Já a Copa das Confederações, realizada de 15 a 30 de junho de 2013 no Brasil, recebeu cerca de 20 mil turistas estrangeiros com permanência média de 14 dias no país, segundo o Ministério do Turismo.

Na comparação com outros grandes eventos, a Jornada Mundial da Juventude reuniu, ao todo, 617 mil turistas na cidade do Rio de Janeiro, sendo 405 mil brasileiros e 212 mil estrangeiros, de acordo com o Ministério do Turismo. O evento aconteceu de 23 a 28 de julho de 2013

Jeanine Pires falou nesta segunda-feira (26) em um seminário promovido pela CNC (Confederação Nacional do Comércio), “Turismo Brasil – Balanço Pré-Copa do Mundo”.
Ainda a título de comparação, no Carnaval 2014 o município do Rio recebeu 918 mil turistas, dos quais cerca de 321.300 eram estrangeiros (35%), segundo a RioTur.

O levantamento quanto ? s passagens foi produzido pela empresa dela em parceria com a espanhola Forward Data. “Trata-se de um monitoramento que mapeou como as pessoas foram reservando passagens regulares (vinda e volta), entre 6 de junho e 13 de julho”, explicou.
De acordo com ela, americanos, argentinos, chilenos, ingleses e australianos são os que mais fizeram as reservas. A estadia, disse, será entre 9 e 21 dias, conforme o estudo “Forward Kyes – Como a Copa vai Movimentar o Turismo”.
Levantamento da secretaria municipal de Turismo do Rio informa que três bilhões de expectadores vão acompanhar a Copa por meio dos canais televisionados por meio das 73 mil horas de transmissão. O evento vai injetar na economia da cidade cerca de R$ 1 bilhão.

Compartilhe