Qualificação profissional possibilita inserção no mercado de trabalho

Há um ano e oito meses desempregada, Patrícia de Carvalho, 42 anos, viu sua vida mudar após participar do curso de recepcionista desenvolvido pelo Projeto Formação Profissional Salvador ? FPSSA, o que contribuiu para sua inserção no mercado de trabalho. Hoje, Patrícia é funcionária de um Hospital na capital baiana. Assim como ela, mais cinco pessoas foram incluídas no mercado formal e outras seis já estão atuando em atividades informais de geração de renda de forma coletiva.
 
Os cursos profissionalizantes nas áreas de recepcionista, inglês, artesanato, camareira e culinária foram oferecidos para cerca de 300 jovens e mulheres de bairros periféricos da cidade. Com a meta de inserir 250 beneficiários até 2016, o FPSSA vem fortalecendo parcerias com empresas privadas e públicas, como SIMM e SINE, a fim de direcionar estas pessoas ? s seleções e vagas disponíveis.
 
Além das capacitações promovidas, estão sendo desenvolvidas palestras sobre como elaborar um bom currículo, dicas na hora de entrevista, ética profissional, entre outros temas que visem a desenvoltura do candidato. ?O mercado está aberto ? s pessoas que se reciclam. Com essa oportunidade, aprendi a ter postura, boa dicção e recebi meu certificado, o que contribuiu na contratação para a recepção do hospital?, salientou Patrícia.
 
Oportunidade
Com a parceria da Uneb e a Secopa, os cursos foram oferecidos nos próprios bairros: Mussurunga, São Cristóvão, Narandiba e Itapuã para facilitar o acesso dos moradores que fazem parte da iniciativa. ?A empregabilidade é o resultado da qualificação que demos na primeira fase do Projeto, concluindo o ciclo de qualificação e inserção no mercado de trabalho, conforme a proposta do FPSSA?, declara a coordenadora do Projeto, representante do instituto Oikos no Brasil, Valentina Trentini.  Mais informações no tel 3367-1399 ou acesse

Compartilhe