Câmara concede licença de 60 dias, sem remuneração, para vereador Prisco

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (8), a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Salvador deferiu, de forma unânime, a licença sem remuneração, pelo período de 60 dias, solicitada no dia 2 de maio pelo vereador Marco Prisco (PSDB), internado no Hospital de Base de Brasília. O vereador está preso desde o dia 18 de abril, no Complexo Penitenciário da Papuda.

Participaram da reunião os vereadores Paulo Câmara (presidente), Carlos Muniz (1° vice-presidente), Isnard Araújo (2° vice-presidente), Fabíola Mansur (3ª vice-presidente), Arnando Lessa (1° secretário), Orlando Palhinha (2° secretário), Cátia Rodrigues (3 ª secretária), Geraldo Júnior (corregedor), Aladilce Souza (ouvidora), além dos vereadores Kiki Bispo (presidente da Comissão de Constituição e Justiça) e Alberto Braga (procurador parlamentar).

Compartilhe