Dilma diz que Brasil não vai explodir, vai ‘bombar’ em 2015

Contrariando as previsões dos economistas para o ano que vem, a
presidente Dilma Rousseff foi categórica ao afirmar que o Brasil terá
crescimento econômico em 2015. Em um encontro com jornalistas realizado
nesta terça-feira, no Palácio da Alvorada, em Brasília, a presidente
falou sobre economia, política, eleição e CPI da Petrobras. A reunião
foi concedida apenas a jornalistas mulheres e durou quatro horas.

Na entrevista, a presidente falou com otimismo sobre o avanço
financeiro que o país terá no próximo ano. “Achar que o Brasil vai
explodir em 2015 é ridículo, ele vai é bombar”, afirmou Dilma. Apesar de
prever estabilidade inflacionária, Dilma Rousseff confirmou que nem
tudo são flores. “A inflação está sob controle, mas não está tudo bem”.
Sobre a CPI da Petrobras, Dilma informou que o governo dela é
transparente: “Eu não devo nada”.

A presidente aproveitou a ocasião para alfinetar as propostas
políticas dos candidatos adversários ? presidência Aécio Neves (PSDB) e
Eduardo Campos (PSB). Ela confirmou ainda que o ex-presidente Luis
Inácio Lula da Silva, o Lula, sempre foi favorável ? pré-candidatura
dela para as eleições de 2014.

Compartilhe