Ministro do Esporte diz que está cedo para avaliar clima da Copa

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta segunda, dia 5 de
maio, que não vê uma demora na organização das festas comunitárias pelo
país. Para a Copa, moradores e comerciantes sempre costumam decorar ruas
para assistir aos jogos da Seleção Brasileira.

“Nas outras Copas do Mundo, não via uma antecipação tão grande dessas
manifestações populares a favor da Copa ou da seleção. Isso vem
naturalmente, pode demorar um pouco mais, mas vem”, afirmou Rebelo.

A aproximação do torneio e as poucas ruas decoradas até o momento
colocam em dúvida como elas ficarão até o mundial. Para uma comerciante
da Rua Jorge Rudge, em Vila Isabel, no Rio de Janeiro, que tem tradição
na decoração para a Copa e que este ano não deve ficar sem suas
tradicionais arrumações, afirmou que a violência deve ser a principal
causa para essa pouca demanda.

“Desta vez, não sei se as pessoas estão desanimadas ou com medo da
violência por causa dessas coisas, do pessoal que fica falando que não
vai ter Copa. Acho que é isso”, declarou a Simone Siciliano.

Compartilhe