Professores de universidades estaduais da Bahia fazem paralisação neste terça

Professores das quatro universidades estaduais da Bahia farão uma paralisação nesta terça-feira (29), como forma de reivindicar ao governo maior repasse financeiro para as instituições. A ação promovida pela Associação dos Docentes do da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb) foi aprovada nas assembleias gerais dos professores realizadas na Uneb, Uefs, Uesb e Uesc. Em Salvador, estão programados café da manhã e panfletagem na entrada da unidade de ensino nesta terça. O movimento faz parte de uma agenda de mobilizações que, a partir deste mês, intensifica a luta dos professores do ensino público superior. Entre as reivindicações está o aumento de, no mínimo, 7% da Receita Líquida de Imposto (RLI) para investimentos no setor. Segundo os docentes, atualmente, o valor não chega a 5% e, este ano, foram cortados quase 12 milhões de reais do orçamento das universidades em custeio e investimento. A categoria ainda denuncia problemas como déficit no quadro de vagas de professores e no programa de permanência estudantil. De acordo com o reitor da Uneb, José Bites, a instituição possui um déficit de aproximadamente R$ 13 milhões, resultado de dívidas do ano passado.

Compartilhe