Chapa de oposição empolga Vitória da Conquista

O entusiasmo e a empolgação do povo de Vitória da Conquista contagiaram a chapa de oposição, liderada pelo pré-candidato ao governo Paulo Souto (DEM), na largada da pré-campanha pelo interior da Bahia. Em evento, no Espaço Rafikii, que reuniu políticos, líderes, militantes e cidadãos de vários municípios do Sudoeste Baiano e até da região Sul, os discursos oposicionistas demonstraram fina sintonia com a vontade popular.

?Estamos aqui juntos porque tivemos a sabedoria de ouvir o clamor do povo pela união das oposições em prol de um novo futuro para a Bahia?, disse Souto. Intuitivo, o pré-candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima, afirmou ter sentido cheiro de vitória nas eleições deste ano com a recepção calorosa recebida pela chapa ainda no aeroporto.

O pré-candidato a vice, Joaci Góes, aproveitou para destacar o compromisso da chapa em dotar Conquista de um aeroporto ? altura do porte da cidade. Compromisso que foi confirmado por Paulo Souto e Geddel. Góes observou ainda que ACM Neto, avaliado como o melhor prefeito do Brasil pelas pesquisas de opinião, seria o penhor e o aval de que Paulo Souto fará pela Bahia o que ele, Neto, vem fazendo por Salvador.

ACM Neto, por sua vez, revelou que, quando candidato a prefeito da capital baiana, não sabia se a sua maior preocupação era vencer as eleições ou governar uma cidade destruída e endividada. ?Neste momento, quem esteve ao meu lado como conselheiro e orientador foi Paulo Souto. Ele me ajudou a enxergar o caminho de como vencer as adversidades e realizar um bom governo?.

Com veemência e emoção, Geddel manifestou seu engajamento na pré-candidatura de Paulo Souto ao governo do estado. ?Peço aos meus amigos do PMDB que arregacem as mangas e priorizem o voto em Paulo Souto, porque precisamos devolver a esperança ? Bahia?. O pré-candidato ao Senado foi o protagonista de um dos momentos mais emocionantes do encontro em Vitória da Conquista ao falar das surpresas que o destino lhe pregou, como a aproximação dele com o neto daquele que foi seu grande adversário político.

?Fui adversário do senador Antonio Carlos Magalhães e apanhei mais do que bati, mas nunca deixei de reconhecer os serviços prestados por ele ? Bahia?, comentou, admitindo que ACM foi a última grande voz da Bahia no cenário da República. ?Agora o destino quis me reservar a chance de conquistar os corações e mentes baianos para ser a voz da Bahia no Senado, em substituição ? quele que foi meu grande adversário, mas nunca deixou de amar a Bahia?.

Paulo Souto finalizou, destacando o processo democrático de formação da chapa oposicionista, que estará empenhada na melhoria dos serviços públicos de segurança, saúde e educação tão reclamados por toda população baiana. ?Unidos com o povo seremos capazes de tirar a Bahia da triste condição em que se encontra?.

Compartilhe