Barreiras: Terapeuta é preso sob suspeita de estuprar paciente em sessão

Um terapeuta de 27 anos foi preso sob suspeita de estuprar uma paciente de 19 anos durante uma sessão de acupuntura e drenagem linfática em Barreiras, no oeste da Bahia, na terça-feira (22). De acordo com o delegado José Romero, o homem negou o crime e informou que a relação foi consensual. ?O pai e a mãe da vítima também tinham uma consulta marcada. O pai foi atendido e voltou para casa com a mãe e a vítima ficou sozinha lá. Quando chegou a vez da jovem, ela diz que ele a segurou e cometeu o crime. Já Paulo Alves Bandeira Junior, 27 anos, alega que a relação ocorreu de forma consentida. Depois, a vítima voltou para casa e contou aos pais, que acionaram a polícia?, relata o delegado. Segundo José Romero, a jovem passou por exames que confirmaram a relação sexual. A polícia vai investigar se houve estupro. O terapeuta foi autuado em flagrante e está preso no Complexo Policial de Barreiras. ?É a palavra dela contra a dele. Agora ela vai passar por outros exames, além de acompanhamento psicológico?, acrescenta o delegado.

Compartilhe