Novo presidente da Fieb toma posse

O crescimento da indústria baiana nos últimos sete anos foi destaque na solenidade de posse do novo presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Carlos Gilberto Cavalcante Farias, realizada na noite desta quinta-feira (10) na Pupileira, bairro Nazaré, em Salvador. Na oportunidade, foram empossados também os vice-presidentes, diretores e suplentes para a gestão da entidade entre 2014 e 2018. O secretário estadual de Indústria, Comércio e Mineração, James Correia, representou o governador Jaques Wagner na solenidade.

Farias destacou a formação profissional como uma das principais demandas do setor na Bahia. ?Precisamos preparar rapidamente essa mão de obra e não há como fazer programas de formação e qualificação de forma isolada, sem estar atrelados aos programas do Governo do Estado?.

Na área de aprendizagem, formação e capacitação profissional, o Estado é parceiro do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) no Programa de Aprendizado Jovem (Proaj), que prevê a qualificação de mais de 10 mil jovens de baixa renda nas áreas de desenvolvimento de software, infraestrutura de redes de computadores e comunicação de dados.

Por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), mais de 68 mil alunos de 50 municípios baianos foram matriculados por meio da parceria em cursos técnicos e de qualificação profissional desde 2011.

Interior

No interior, o programa Qualifica Bahia da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), inicia ainda no mês de abril a capacitação de 440 alunos dos municípios de Feira de Santana e Vitória da Conquista.

Atendendo ? s necessidades de investimentos em pesquisa, serviços tecnológicos e capacitação de alto desempenho em modelagem computacional, o Governo apoiou a implantação do Centro de Supercomputação e Inovação para a Indústria.

Parcerias

Entre os principais projetos desenvolvidos, a parceria entre governo estadual e Fieb é responsável ainda pelo Projeto de Fortalecimento da Cadeia Produtiva de Petróleo, Gás e Naval da Bahia, Desenvolvimento de Fornecedores no setor de Autopeças para a Indústria Automotiva na Bahia e a Rede de Extensão Tecnológica Sibratec – Sistema Brasileiro de Tecnologia.

Também resultam da parceria ações em áreas de energia eólica, apoio ao processo de atração de indústrias e ? formação de pessoal e suporte tecnológico na implantação do polo naval, consultoria para associações de microempresas e micro produtores, financiamento de pesquisas de inovação, e doação de áreas do Parque Tecnológico para atividades do Senai.

Compartilhe