Microsoft decreta nesta terça-feira “morte” do Windows XP

A Microsoft decreta hoje (8) a morte do Windows XP. As novas
atualizações automáticas, que ajudam a proteger os computadores,
deixarão de existir para esse sistema operacional. De acordo com a
Microsoft, sem elas, o computador continuará funcionando, ?mas poderá
ficar vulnerável a vírus e a riscos de segurança?.

Considerado um
sistema operacional de fácil utilização, o Windows XP recebeu suporte
da companhia durante 12 anos. No entanto, para a empresa de Bill Gates,
criadora do programa que ?deu vida? a vários computadores mundo afora,
está na hora de investir recursos no suporte a tecnologias mais
recentes, para continuar oferecendo novas experiências aos usuários.

A Microsoft também avisou que, após esta data, não oferecerá mais o Microsoft Security Essentials [http://ebcnare.de/1kj9uDr] para download no Windows XP, que é usado contra vírus, spyware e outros softwares
mal-intencionados . Se o Microsoft Security Essentials já estiver
instalado, o usuário continuará a receber atualizações de assinaturas
contra pragas eletrônicas por tempo limitado, o que constitui risco para
os usuários.

Na avaliação da empresa, outro problema para quem
tem Windows XP no computador, é que os fabricantes de programas e de
peças passarão a otimizar seus produtos para versões mais recentes de
sistemas operacionais, trazendo problema para quem permanecer com o
antigo.

De formato simples, o sistema operacional é um programa,
ou um conjunto deles, que permite ao usuário fazer o computador
funcionar, além de servir de interface entre a máquina e seu usuário,
gerenciando recursos e dando acesso a eles.

Depois do Windows XP,
a Microsoft liberou o Windows 7 e mais recentemente o Windows 8.1.
Fazer a atualização do XP para o Windows 8 dói no bolso. É preciso ter
pelo menos R$ 359, segundo informa o site da Microsoft.
Muitas máquinas antigas, no entanto, não conseguirão rodar no novo
sistema. Para saber para qual sistema migrar basta executar o assistente de atualização liberado pela empresa.

De acordo com a russa Kaspersky, uma das maiores e mais conhecidas
empresas de solução de segurança, no Brasil, dados obtidos até o mês
passado indicam que 10,88% dos usuários continuam com o Windows XP e,
entre eles, 8,47% ainda têm instalado o Service Pack 2 (pacote de
atualização) , ou seja, não têm seus sistemas atualizados. http://ebcnare.de/1hxd0Ca

Os
usuários de máquinas antigas podem buscar outros sistemas operacionais,
como o Linux, que é gratuito. Uma das versões mais amigáveis é o Ubuntu.  

Morador de Brasília e empresário da área de tecnologia, Marcelo Freire
diz, no entanto, que, no Brasil, exceto as pessoas que usam computadores
fabricados pela Apple, são poucos os que adotam sistemas operacionais,
principalmente os domésticos, que não são da Microsoft.

?O
Windows XP é um sistema operacional bem-sucedido, mas tem que dar lugar a
soluções mais modernas. Então, a empresa decidiu interromper o suporte
para o sistema, que, com o tempo, deixará de existir, assim como foi com
o Windows 98, por exemplo. Hoje em dia, mesmo a Apple crescendo muito
no Brasil, não se compara o número de usuários da Microsoft. ?

Compartilhe