Eduardo Campos chora em missa de ação de graças

No seu último dia ? frente do governo de Pernambuco, o presidenciável Eduardo Campos chorou em missa de ação de graças realizada nesta manhã, 4, na Igreja de Casa Forte, no Recife. Acompanhado da mulher Renata e dos cinco filhos, ele se emocionou no término, quando o filho Pedro, o terceiro, pegou o microfone e cantou, para ele, “Faz um milagre em mim”, de Regis Danese. Neste momento, o caçula Miguel, de quase três meses, mamava no peito da mãe.

Em clima de emoção, a celebração teve a participação do vice, João Lyra Neto, que assume o cargo ? s 17 horas, secretários antigos e novos, que serão empossados ? s 15 horas na Assembleia Legislativa. O pároco, padre Edwaldo Gomes, na sua homilia, destacou a importância da gratidão a Deus e afirmou ser presunção um governante querer governar sem Deus.

“Que Deus multiplique as bênçãos para a Presidência”, finalizou o padre. A igreja estava lotada. Todos aplaudiram. A família de Campos é frequentadora da Igreja de Casa Forte. O presidenciável participou do ofertório e comungou.

Antes de entregar o cargo a Lyra, Campos participa de cerimônia, fechada, no início da tarde, para aposição de sua foto na galeria de governadores do Palácio do Campo das Princesas. Com ele são 33 políticos que já comandaram o poder estadual. Sua foto ficará em frente ? s do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) e do avô socialista já falecido Miguel Arraes. Ao lado da de Mendonça Filho (DEM).

Compartilhe