Autorizada construção de corredores de tráfego em Salvador

A assinatura da ordem de serviço pelo governador Jaques Wagner para construção de dois corredores transversais de tráfego em Salvador foi realizada na manhã desta quinta-feira (27), no Centro de Convenções da Bahia, com a presença do ministro das Cidades, Gilberto Occhi.

As obras vão ligar a Suburbana e a BR-324 ? Orla Atlântica e melhorar a mobilidade na capital baiana, a partir da construção de viadutos e novos corredores de tráfego, com prazo de execução previsto de 36 meses e custo de R$ 1,3 bilhão.

Segundo Wagner, as intervenções fazem parte de um grande projeto batizado de Mobilidade Salvador. “Serão construídas duas grandes transversais, integrando ao metrô, que a gente vai ver funcionando em junho, e ao conjunto de obras formado ainda pela Via Expressa e os complexos viários 2 de Julho e do Imbuí, entre outras. Também vamos transformar o trem do subúrbio em VLT e estender a rota até o Terminal da França”.

Para o secretário da Casa Civil, Rui Costa, responsável pela coordenação das obras estruturantes do governo do Estado, as novas vias vão trazer desenvolvimento para a população. “Vão levar possibilidade de emprego para as pessoas, teremos shoppings nas estações de Cajazeiras, Pirajá e Mussurunga. Haverá chegada de clínicas médicas, escritórios, comércios, dinamizando a economia da região”.

Compartilhe