Audiência pública discute estudo de impacto ambiental da Linha Viva

A Prefeitura de Salvador apresentou ? população os Estudos de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) do projeto da Linha Viva, em audiência pública realizada nesta quarta-feira (26), no auditório do Fórum Teixeira de Freitas, no prédio da Justiça Federal, no bairro de Sussuarana, Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Para o diretor de Licenciamento e Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut), Emanuel Mendonça, que dirigiu os trabalhos ao lado do assessor da Casa Civil da Prefeitura, Roberto Moussallem, a audiência possibilitou a divulgação e discussão dos estudos com a sociedade, cumprindo a legislação vigente e dando total transparência ao processo.

Após a apresentação do projeto da Linha Viva pelo arquiteto Francisco Moreno Neto, o coordenador do EIA-RIMA, Júlio Fernando Scottini, fez a exposição dos estudos sobre os aspectos ambientais, de vegetação e fauna, ocupação humana e a socioeconomia da área do projeto. Ao fim da exposição, vereadores, líderes comunitários, representantes do movimento social e da sociedade em geral debateram a questão exaustivamente por mais de quatro horas. 

Compartilhe