Dilma iria para 2º turno contra Barbosa e Marina

Uma pesquisa revelou que, se as eleições
presidenciais fossem disputadas hoje, a presidente Dilma Rousseff só
teria de enfrentar o segundo turno em uma disputa contra o presidente do
STF (Supremo Tribunal Federal), e Marina Silva (PSB). As informações
foram divulgadas neste domingo pelo Datafolha.

Neste cenário, Dilma aparece com 40% das intenções de voto, Marina tem 17%, Barbosa 14% e Aécio Neves (PSDB) fica com 12%.

A pesquisa entrevistou 2.614 pessoas entre os dias 19 e 20 de fevereiro
em 161 cidades brasileiras. A margem de erro do levantamento é de 2%. 

Outros cenários

O Datafolha divulgou neste sábado os resultados de uma nova pesquisa
eleitoral que indicam a vitória da presidente Dilma Rousseff (PT) no
primeiro turno das eleições 2014. O resultado é praticamente o mesmo do
último levantamento, realizado em novembro de 2013.

No principal cenário eleitoral, Dilma receberia 47% dos votos, contra
17% de Aécio Neves (PSDB) e 12% de Eduardo Campos (PSB). A presidente
seria reeleita no primeiro turno, pois teria mais que a soma dos demais
adversários.

Quando Marina Silva (PSB) é a candidata no lugar de Eduardo Campos,
chega a 23% dos votos ? menos do que os 26% de novembro e 29% de
outubro. Neste caso, Dilma receberia 43% e também venceria na primeira
rodada. Aécio ficaria com 15%.

Se o candidato escolhido pelo PT fosse Luiz Inácio Lula da Silva, a
vitória seria mais confortável ainda, com 51% a 54% dos votos,
dependendo da escolha do candidato do PSB.

Compartilhe