Unibairros teme Judicialização de IPTU em Salvador

Formada por 150 lideranças e associações dos bairros populares, a União dos Bairros de Salvador (Unibairros) é mais uma entidade da cidade que se diz ?apreensiva com a possibilidade das pessoas mais carentes perderem a isenção fiscal, devido ? judicialização por conta das mudanças no IPTU. Os pobres não podem pagar a conta?. O presidente da Unibairros, Joceval Tibúrcio, teme pelo fim da isenção fiscal concedida pela Prefeitura a imóveis com valor venal até R$ 80 mil. ?Estas famílias dos bairros populares de baixa renda teriam que pagar, então por que os mais ricos ficaram anos pagando a baixo do valor real?

A população pobre precisa da isenção oferecida assim como tem urgência nas demandas de serviços públicos?, observou Tibúrcio. Ele avalia que Salvador é uma cidade com grande déficit social, sobretudo nos bairros carentes. ?Os pobres sempre pagaram com muito sacrifício seus impostos e agora, quando a cidade precisa dar uma virada, dar mais qualidade de vida, dignidade e orgulho ? sua população, pequenos grupos, que não representam os empresários comprometidos com a cidade, agem de forma mesquinha, se manifestando contra esta anistia aos trabalhadores?, concluiu.

Por Jones Almeida

Compartilhe