Lajedinho recebe R$ 4,2 mi para ações da defesa civil

O Ministério da Integração Nacional, por intermédio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, autorizou o repasse de R$ 4,2 milhões para a execução de obras de reconstrução dos danos causados pelas inundações, no município de Lajedinho, situado na Chapada Diamantina – Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (20) e o recurso será liberado em três parcelas.

O vice-governador e secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, ressaltou que o Governo do Estado da Bahia, desde que aconteceu o lamentável desastre natural em Lajedinho, adotou todas as providências para atender a população, prestando socorro ? s vitimas, alocando recurso para alimentação, abastecimento de água, transporte, atendimento médico e o mais importante; providenciou, através da Conder, órgão vinculado ? Secretaria de Desenvolvimento Urbano, a elaboração dos projetos de relocação da cidade, o que permitiu a captação dos recursos junto ao Governo Federal.

O acontecido em Lajedinho provocou a mobilização de todo o Governo tendo o secretário da Casa Civil, Rui Costa, se deslocado para Brasília, para manter contato com o Ministro da Integração Nacional, com vistas a assegurar a liberação de recurso para atender a situação de calamidade pública que se abateu sobre o município.

Desde o início da tragédia, o Ministério da Integração Nacional vem prestando assistência com o envio de 1.435 kits, sendo 1.025 de dormitório, 205 de limpeza e 205 kits de higiene pessoal e o repasse na semana passada de R$ 620 mil para realização de ações de socorro, assistência ? s vítimas e restabelecimento de serviços essenciais.

Prejuízos

Segundo o levantamento feito pelo prefeito da cidade, os prejuízos causados ao município após o temporal chegaram a R$ 28 milhões. O setor mais afetado foi o da educação, que ultrapassou R$ 7 milhões. Além dos gastos aos cofres públicos, o comércio local teve um prejuízo de R$ 894 mil.

Compartilhe