Detento que cumpria pena em Teixeira de Freitas é assassino no interior da Delegacia de Prado

Segundo informou o setor de custódia da Delegacia da Polícia Civil do Prado, o corpo foi descoberto pelos carcereiros no final da tarde desta quarta-feira, dia 19, no pátio onde ficam as celas, com perfurações, supostamente provocadas por faca ou alguma arma artesanal feita no interior da prisão. O detento morto foi identificado como Gerinaldo Moreira Fidelis, que estava preso no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CPTF), após ser condenado por tráfico de drogas.

As últimas informações dão conta que Gerinaldo foi levado para a Delegacia do Prado, onde participaria de uma audiência na Justiça, mas nesta quarta-feira (19) o mesmo teria se envolvido numa confusão com outro detento do Prado, quando acabou sendo atacado e morto.

O autor do crime, segundo as investigações iniciais da Polícia Civil, seria Fabrício Santos Belo, de 18 anos, que está preso por ter assassinado a facadas o pradense Júlio César Alcântara Ramos, vulgo ?Julhão?, de 51 anos, crime ocorrido no último dia 4 deste mês de fevereiro, na Praça de Eventos, região central do Prado.

Compartilhe