Marcos Valério é condenado por mensalão mineiro

Marcos Valério e Rogério Tolentino foram condenados por corrupção no
esquema chamado mensalão mineiro. O Ministério Público Federal (MPF)
divulgou nesta sexta-feira a condenação ao ex-publicitário e seu
ex-sócio e ex-advogado.

Valério foi condenado por corrupção ativa. Já Tolentino, por corrupção passiva. A pena de ambos será de quatro anos.

De acordo com o MPF, o esquema, também chamado de “valerioduto
tucano”, desviou verbas públicas e arrecadou ilegalmente recursos para a
campanha eleitoral de Eduardo Azeredo (PSDB-MG), então governador de
Minas Gerais.

Marcos Valério foi condenado no mensalão do PT pelo Superior Tribunal
Federal (STF) a 37 anos e cinco meses de prisão. Já seu ex-sócio,
recebeu pena de seis anos e dois meses, no regime semiaberto.

Tolentino está preso na Penitenciária José Maria Alkmim, na região
metropolitana de Belo Horizonte. Marcos Valério permanece preso no
Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

Compartilhe