Dirigentes do DEM e PMDB dizem que Pelegrino representa especuladores

Os presidentes estadual do Democratas, deputado Paulo Azi, e municipal do PMDB, deputado Bruno Reis, criticaram duramente hoje (14) a disposição do petista Nelson Pelegrino “de prejudicar de forma cabal Salvador” ao defender “ricos e especuladores” e tentar derrubar a cobrança do IPTU. Para os dirigentes partidários, Pelegrino já viu o sonho de ser prefeito desmoronar quatro vezes e, por isso, quer se vingar da boa gestão de ACM Neto, considerado pelo Vox Populi como o gestor municipal mais bem avaliado do país.

“Pelegrino foi o mesmo que, na campanha do ano passado, tentou chantagear Salvador com a tese de que o prefeito tinha que ser do mesmo partido do governador e da presidente. Agora, raivoso, tenta atingir a administração de Neto, mesmo que isso custe prejudicar a própria cidade, sobretudo os mais pobres, que ganharam a isenção do IPTU. São mais de 230 mil isentos. Quem não quer o IPTU é um pequeno grupo de especuladores que não querem pagar imposto. Pelegrino está representando esse grupo”, disse Paulo Azi.

Bruno Reis afirmou que Nelson Pelegrino é um “derrotado” e que ainda não se recuperou das eleições do ano passado. “Lamento que o deputado Pelegrino tenha passado a representar os interesses de um grupo que quer impedir as transformações que a cidade tanto precisa. Isso por mero capricho político, pensando na próxima eleição. Ele quer acabar com a popularidade do prefeito ACM Neto, mas não vai conseguir. Só vai se afundar ainda mais no poço sem fim daqueles que não aceitam a derrota”.

Compartilhe