Confira as novas modalidades para declarar o Imposto de Renda

A Receita Federal disponibiliza a partir deste ano mais dois tipos de
modalidade de declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Os
contribuintes poderão optar pela declaração pré-preenchida e pela conta
com um assistente virtual de preenchimento. O modo tradicional de
declaração de IRPF continua valendo.

Na opção pré-preenchida, o Fisco irá disponibilizar um documento com
todas as informações físicas que constam no banco de dados da Receita. É
necessário que o contribuinte tenha um certificado digital ou uma
procuração, além de confiramar os dados.

“A responsabilidade de informar corretamente as movimentações
realizadas é exclusivamente da pessoa física. Parece óbvio, mas um dos
maiores erros nas declarações é que as pessoas não conferem todos os
dados. Portanto, é importante acrescentar o que falta e excluir
informações desnecessárias”, afirma Lúcio Fernandes, presidente do
Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio de Janeiro
(Sescon-RJ).

O prazo para a entrega das declarações começa em março, mas, segundo Fernandes, os contribuintes não podem perder tempo.

“Para agilizar, reúna durante o ano os comprovantes de pagamentos,
recebimentos e informes de rendimento. Em casos de infrações, o erro
ocorre devido ? desorganização do próprio contribuinte”, disse.

Já na opção de assistente virtual de preenchimento, os contribuintes
deverão resgatar os dados de declarações ateriores. Isto só será
possível através de um dispositivo eletrônico disponível no Programa
Gerador da Declaração.

O prazo para as empresas enviarem o informe de rendimentos para seus
funcionários é dia 28 de fevereiro. Lúcio Fernandes garante que o melhor
para os contibuintes é que as empresas façam a entrega antes. Ele
lembra que é possível imprimir documentos diretamente do site de algumas
empresas.

O número do recibo da última declaração também é necessário. Em caso
de perda, é possível resgatá-lo em uma unidade da Receita Federal. “É
bom aproveitar para fazer isso no início do ano, quando ainda não há
filas”, alerta o especialista.

O programa do IRPF será disponibilizado na internet a partir do dia
26 de fevereiro para os contribuintes efetuarem o download. O prazo para
entrega da declaração será aberto no dia 6 de março e se encerra no dia
30 de abril. Estão isentos os trabalhadores que receberam até R$
1.787,77 por mês.

Compartilhe