Polícia Civil identifica homem que atingiu cinegrafista

A Polícia Civil identificou o homem que atingiu com um rojão o
cinegrafista Santiago Andrade na última quinta-feira. O delegado
Maurício Luciano vai pedir ainda nesta segunda a prisão do suspeito, que
não teve identidade revelada. 

Durante o dia, a “TV Bandeirantes” divulgou um vídeo em que um homem
aparece vestindo a mesma roupa que o suspeito vestia durante a
manifestação na última quinta-feira.

Fábio Raposo, que admitiu ter passado o rojão para o suspeito,
identificou o suspeito em uma foto levada pelo delegado. Raposo está
preso no Complexo Penintenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do
Rio.

O homem só poderá ser preso a partir desta terça-feira (11). Os dois
vão responder por homicídio doloso qualificado por uso de artefato
explosivo. A pena pode chegar a 35 anos de prisão.

O cinegrafista da “TV Bandeirantes” morreu nesta segunda-feira após não resistir aos ferimentos.

Compartilhe