Familiares falam com Schumacher para tentar tirá-lo do coma

Em processo de saída do coma há duas semanas no Hospital Universitário de Grenoble, Michael Schumacher, internado em estado grave desde o acidente de esqui em 29 de dezembro de 2013, tem respondido pouco ? retirada controlada dos medicamentos sedativos – apenas alguns espasmos foram notados. De acordo com o jornal alemão Bild, os familiares e amigos do ídolo da Ferrari tentam conversar com o ex-piloto para ajudá-lo a “acordar”.

Desde o fatídico dia do acidente, Schumacher tem se mantido em companhia constante de amigos e familiares. Corinna, mulher do ex-piloto, está sempre ao lado do alemão. O pai Rolf Schumacher, assim como o irmão Ralf, também sempre são vistos no hospital francês.

Em entrevista ao Bild, o Dr. Heinz Peter Moecke, chefe do departamento de emergência de um hospital de Hamburgo, comentou que as vozes de conhecidos podem ajudar na recuperação de um paciente, apesar de a medicina ser inconclusiva sobre os benefícios ou não da atividade.

Moeche opinou que vozes conhecidas do ex-piloto, como de membros da família, têm um efeito calmante sobre a vítima. Para o especialista, as conversas podem passar segurança a Schumacher no processo de reanimação.

Compartilhe