Vereda: Homem é executado com 12 tiros ? queima roupa

O crime ousado e típico de execução aconteceu na manhã desta sexta-feira (13) na cidade de Vereda e a vítima foi o teixeirense Miquéias dos Santos Aguiar, de 32 anos, que tinha acabado de parar sua caminhonete, uma D-10 e quando tentava sair pelo lado do passageiro, já que próximo ? sua porta tinha acabado de estacionar outro veículo, homens chegaram em um Volkswagen Gol, de placa não anotada, e dois deles começaram a disparar ? queima roupa contra a vítima. A ousadia dos criminosos foi tamanha de um dos atiradores teria pedido que as pessoas que passavam no momento se afastassem. Após a execução de Miquéias os assassinos fugiram em disparada.

No início da tarde desta sexta-feira, dia 13, o delegado Kléber Gonçalves e o perito criminal Marco Antônio Lima, esse último do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) foram ao local. Após a perícia foi autorizada a remoção do corpo para o IML de Teixeira de Freitas, onde aconteceram os exames de necropsia.

As primeiras informações levantadas pelo delegado Kléber Gonçalves, que foi escalado pela 8ª Coorpin para investigar o caso, dão conta que o homem morto seria uma pessoa de bem e que não teria envolvimento com nada de ilícito. O único problema de Miquéias, que nasceu em Teixeira de Freitas, mas residia em Vereda, seria um problema que ele teve com um outro homem do lugar por conta da disputa nas últimas eleições. A polícia investiga essa informação.

Nesta mesma sexta-feira, dia 13, após os exames de necropsia, o corpo foi liberado aos familiares para velório e sepultamento.

Compartilhe