Barra: Tio mata bebê, agride as sobrinhas e espanca o próprio pai

Um crime brutal chocou os moradores do município de Barra, distante 825 quilômetros de Salvador. De acordo com informações da polícia uma criança com um mês e três dias foi morta pelo tio-avô, na manhã de sexta-feira (06). A família informou que Jeanis Rodrigues da Silva, 22 anos estava sob efeito de drogas e álcool quando matou a criança.

Para a polícia ele confessou que passou a noite usando crack e cocaína com um colega. Pela manhã, Jeanis invadiu a casa das sobrinhas e espancou as garotas com um martelo. Uma briga familiar com as vítimas de 15 anos, que são irmãs gêmeas teria sido a motivação para as agressões. Depois de agredir as adolescentes, Jeanis pegou o bebê, filho de uma delas, e arremessou por diversas vezes no chão. A criança não resistiu a violência e morreu.

Ele ainda pegou o corpo do bebê e jogou no quintal de uma vizinha. Depois da morte Jeanis voltou para agredir o pai dele, Hermínio Rodrigues da Silva, que terminou recebendo golpes violentos. Após os crimes ele foi para a casa de uma mulher onde passou a consumir cachaça. Jeanis foi preso por policiais militares quando retornou para casa.

Depois de ser preso, Jeanis foi transferido de Barra para Xique-Xique porque a população da cidade se juntou em frente ? delegacia para tentar linchar o acusado. O homem está em cela separada dos demais presos para garantir a sua integridade física. As duas irmãs e o pai de Jeanis foram encaminhados para o Hospital São Rafael em Barra e estão internados para se recuperarem das agressões.

Compartilhe