Massa não descarta pódio: ‘Tudo é possível na chuva’

O piloto brasileiro Felipe Massa não teve o desempenho que esperava no treino que definiu o grid de largada, neste sábado, em Interlagos, mas acredita que poderá surpreender em sua última corrida com o uniforme da equipe Ferrari, neste domingo, no GP do Brasil de Fórmula 1.

Com a experiência de quem já venceu duas vezes no Autódromo de Interlagos, o brasileiro aposta na chuva para ter chances de terminar a prova entre os três primeiros colocados, assim como aconteceu em 2012. Neste domingo, Massa largará do nono lugar, seis posições atrás do companheiro de Ferrari, o espanhol Fernando Alonso.

“No ano passado larguei em quinto e já era o segundo na primeira curva. Tive uma estratégia não muito boa, quase levei uma volta, mas terminei no pódio. Tudo é possível aqui”, recordou Massa, que chegou a figurar em segundo lugar no fim da prova de 2012, mas cedeu a posição ao companheiro Alonso, então na briga pelo título.

Para sonhar com o pódio, Massa espera buscar o melhor acerto para sua Ferrari, depois de sofrer na pista molhada durante o treino classificatório neste sábado. “A água na pista foi o mais difícil. Perdi aderência e não pude acertar uma boa volta, não consegui encontrar uma boa direção”, admitiu o brasileiro, que terminou a seleção com mais de meio segundo atrás de Alonso, terceiro no grid.

A diferença de rendimento não preocupa Massa. Ele só se importa em encerrar sua passagem pela Ferrari com uma boa apresentação. “Tudo o que quero é fazer uma boa corrida”, disse o brasileiro, que vai para a Williams na próxima temporada. “Correr pela Ferrari foi algo fantástico, por isso será uma corrida muito especial para mim. Com certeza será um dia mais emotivo neste domingo.”

Compartilhe