Comerciante é morto após cobrar dívida no interior do município de Guaratinga

A vítima foi Júlio Honorato da Silva, de 40 anos, alvejado no tórax com um tiro de espingarda. Julinho, como era chamado, morreu no local de trabalho, um bar localizado no povoado de São João do Sul, interior de Guaratinga. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (21).

O autor do crime já foi preso e trata-se do  lavrador Valdeci de Jesus, de 40 anos, que teria contado com a ajuda de um comparsa para cometer o homicídio.

De acordo com as primeiras informações Júlio teria tomado um relógio do homicida como pagamento por uma dívida contraída em seu bar. Chateado, Valdeci foi em sua residência e voltou armado. Na porta do comércio, Valdeci chamou o comerciante, que já havia fechado as portas do bar e quando o mesmo saía para atendê-lo, foi alvejado no tórax e morreu no local.

O assassino foi preso pouco tempo depois por policiais militares, escondido debaixo da cama de uma moradora idosa da localidade. O homicida já foi transferido para a custódia da Delegacia da Polícia Civil de Guaratinda, onde permanecerá ? disposição da Justiça. O corpo do comerciante Júlio Honorato da Silva, de 40 anos, vai ser velado e sepultado na própria cidade de Guaratinga.

Segundo acaba de informou o delegado Sinézio Júnior, titular de Guaratinga, Valdeci foi autuado em flagrante por homicídio e terá sua prisão preventiva solicitada ? justiça. Ainda de acordo com o delegado, o assassino estava com um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Itamaraju, por porte ilegal de arma de fogo.
    
      

Compartilhe