ANS suspende a venda de 150 planos de saúde de 41 operadoras

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decidiu suspender a
venda de 150 planos de saúde de 41 operadoras em todo o Brasil. A
informação foi divulgada hoje (13), em entrevista coletiva de imprensa
no Rio de Janeiro.

De acordo com a ANS, as operadoras descumpriram prazos máximos para
marcação de consultas, exames e cirurgias, além de apresentarem
problemas de cobertura como o rol de procedimentos, o período de
carência, a rede de atendimento, o reembolso e os mecanismos de
autorização para procedimentos. A suspensão ocorrerá a partir da próxima
segunda-feira (18) e valerá até fevereiro de 2014.

Cerca de 4,1 milhões de consumidores são atendidos pelos 150 planos
com venda suspensa. ?Os beneficiários são protegidos e continuam sendo
atendidos. O que a gente está fazendo é impedir que novos consumidores
se somem a eles [nesses planos com problemas]?, disse o
diretor-presidente da ANS, André Longo.

Dos 150 planos, 68 já estavam suspensos por problemas em
monitoramentos anteriores. Outros 178 planos que estavam suspensos
resolveram seus problemas e poderão voltar a ser comercializados pelas
suas operadoras.

De acordo com André Longo, as operadoras são analisadas de acordo
com as reclamações dos consumidores. ?A agência analisa tecnicamente a
reclamação do consumidor. Só computamos as reclamações procedentes. E
comparamos as operadoras. As principais reclamações são a negativa de
cobertura, por diversos motivos e o descumprimento de prazos?, disse.

Segundo ele, o ideal é que o consumidor tente resolver seu problema
diretamente com a operadora. Caso não consiga resolvê-lo, é possível
entrar em contato com as centrais de atendimento da ANS: www.ans.gov.br ou 0800-701-9656.

Compartilhe