Cristina Kirchner recebe alta um mês após cirurgia no cérebro

 A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, recebeu alta neurológica e cirúrgica um mês depois de ter se submetido a uma cirurgia no cérebro. No dia 8 de outubro, Cristina havia passado por uma drenagem de um coágulo na parte exterior do cérebro, consequência de uma queda que teria sofrido em 12 de agosto.

Hoje, boletim médico do Hospital Universitário Fundación Favaloro informou que a alta foi definida devido aos “resultados satisfatórios obtidos na neuroimagem de controle realizada ontem [sexta-feira]”.

A presidente não poderá fazer viagens aéreas por pelo menos outros 30 dias. O ritmo do retorno a suas tarefas na Presidência deve ser definido amanhã –a decisão ainda depende do resultado de exames cardiológicos. Desde outubro, o vice-presidente argentino, Amado Boudou, está no comando do país.

Compartilhe