Google é condenado por coletar dados de brasileiros

Por meio de equipamentos instalados nos carros responsáveis por tirar fotos para o Google Street View, o Google foi condenado em primeira instância na 23° Vara Cível de Brasília, por coleta ilegal de dados sigilosos de brasileiros.

O Instituto Brasileiro de Política e Direito da Informática (IBDI) entrou com o processo após a empresa americana ter sido condenada no exterior por interceptar comunicações eletrõnicas, e-mails, senhas e até fotos de brasileiros.

“O dano resultante daquilo que pode ser mais um episódio de monitoramento e espionagem maciços produzido por organismo estrangeiro contra os brasileiros precisa ser melhor entendido. A maioria dos usuários da Internet jamais imaginou que um projeto aparentemente inofensivo e vulgar como o Google Street View poderia estar servindo para bisbilhotar e coletar dados pessoais. Precisamos entender a extensão e os verdadeiros propósitos que estão por trás dessa inventiva e surreal forma de invasão da privacidade dos brasileiros”, afirma o advogado da IBDI, Sérgio Palomares.

A circulação dos automóveis do Google Street View teve seu início no Brasil, em junho de 2009, nas cidades de Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Através de meios de acesso a internet sem fio abertas, A IBDI acusa a empresa americana de coletar dados sigilosos de brasileiros que usam a internet. A Google é acusada pelo mesmo motivo em outros 30 países.

Compartilhe