MEC vai monitorar redes sociais e excluir candidato que usar celular

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta sexta-feira
que o governo vai monitorar as redes sociais para identificar e excluir
candidatos que usarem o celular dentro das salas de prova do Exame
Nacional do Ensino Médio (Enem). Na edição do ano passado, 65 candidatos
foram punidos após publicarem fotos do cartão de respostas e da sala de
provas em redes como Facebook, Twitter e Instagram.

“Não se enganem. Não tentem postar imagens no início do exame porque
você vai ser identificado. Acredite nisso. Nós temos um monitoramento
bastante eficiente, muito detalhado e ano passado, em questões de
minutos, identificávamos quando o candidato postava uma foto e ele era
retirado da prova e tinha sua prova anulada. Vamos manter esse
acompanhamento”, alertou o ministro.

?De acordo com Mercadante, uma vez que consta no edital, o candidato
tem conhecimento de que a utilização de qualquer aparelho eletrônico é
proibido dentro dos locais de prova. A punição, frisou, é a eliminação
do candidato e a consequente anulação de seu teste.

“Ele cometeu infração, está prevista no edital e a penalidade é perder o
exame. Na hora que ele entrou, ele vai desligar o celular e colocar no
saco qualquer equipamento eletrônico”, disse o ministro, lembrando que
calculadoras, tablets, MP3 players e afins também são proibidos.

Enem
?O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) chega a sua 15ª edição em 2013
tendo se consolidado como um dos índices de avaliação da educação
brasileira e também como principal meio de acesso ? s universidades
públicas do Brasil. Atualmente, apenas oito das 10 principais
instituições federais ainda não adotaram a prova como sistema de
ingresso por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), situação que,
seguindo a tendência atual, deve atingir 100% de adesão nos próximos
anos.

Neste ano, foram mais de 7 milhões de inscritos que podem concorrer a
cerca de 1,1 milhão de vagas em instituições públicas e privadas, por
meio do Sisu, do Programa Universidade para Todos (Pruni) e do Fundo de
Financiamento Estudantil (Fies). As provas ocorrem sábado e domingo.

POLÊMICAS DO ENEM
Da prova que vazou ao celular no banheiro, veja fatos que marcaram o Exame Nacional do Ensino Médio nos 15 anos do teste

No primeiro dia, a partir das 13h (horário de Brasília), serão
aplicados os testes de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da
Natureza e suas Tecnologias. Os candidatos têm 4h30 para resolver as
questões. Já no segundo dia, novamente a partir das 13h (de Brasília),
serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias,
Matemática e suas Tecnologias e Redação. Neste dia, em virtude do texto
que precisa ser feito, há uma hora a mais no tempo total de resolução do
teste.

O gabarito oficial do Enem 2013 será divulgado na página do Inep, órgão
responsável pela realização do Exame, até o dia 30 de outubro.

Compartilhe