Senado aprova criação de 72 cargos do MP do Trabalho

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira, 23, o projeto de lei que cria 72 cargos e 36 funções no âmbito do Ministério Público do Trabalho. A matéria, de autoria da Procuradoria-Geral da República (PGR), cria 12 cargos de subprocurador-geral do Trabalho; 36 cargos efetivos de analista e 24 de técnico, além de 24 cargos em comissão e 12 funções de confiança.

Compartilhe