Joaquim Barbosa descarta concorrer ? presidência em 2014

“Em 2018 estarei em alguma praia”. Assim o presidente do Supremo
Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, negou que planeje
concorrer ? presidência da República em 2014. “Não tenho, no momento,
nenhuma intenção de me lançar candidato.”

Barbosa participa da Conferência Global de Jornalismo Investigativo
na Pontifícia Universidade Católica (PUC), na Zona Sul do Rio de
Janeiro. Na ocasião, ele também criticou o sistema político do Brasil.

“Voto obrigatório, impossibilidade de candidaturas avulsas, excesso
assombroso no número de partidos políticos, mercantilização de partidos
políticos”, elencou como alguns dos problemas que exigem uma reforma.

O ministro também criticou a falta de representatividade de diversas
classes nos jornais. “As manifestações culturais de algumas regiões do
país não estão presentes na mídia. Embora negros e mulatos respondam por
cerca de 50% da população, são muito raros nas redações, nas salas de
imprensa, no noticiário da TV e nos postos de liderança no jornalismo.”

Compartilhe