Guaratinga: Cabeça de vítima é esmagada e ao lado do corpo foi deixado um recado

A doméstica Lara Amaral de Oliveira, 31, teve a cabeça esmagada a pedradas na zona rural de Guaratinga, município que fica a 699 km de Salvador. Perto do corpo foi encontrado um pedaço de papel com anotações das cervejas que Lara teria consumido no bar.

O delegado Sinésio Júnior abriu inquérito para investigar o violento caso de assassinato. Ela foi encontrada morta, neste domingo (13), perto de um campo de futebol no distrito de Monte Alegre.

O marido de Iara, Clebson de Jesus, relatou que a mulher tinha ido para Monte Alegre, que fica a quatro quilômetros de sua casa, cuidar dos filhos de uma amiga que iria viajar. No entanto, testemunhas contaram para a polícia que na noite anterior (12) Iara teria sido vista em um bar em companhia de alguns amigos.

O marido, que preferiu não comentar a informação da suposta presença de Lara no bar.

Compartilhe