Formula 1: Vettel vence a quinta vez seguida

Não foi tão fácil quanto parecia, mas Sebastian Vettel manteve no Japão
sua rotina de vitórias na temporada de 2013 da Fórmula 1. O francês
Roamin Grosjean, da Lotus, tentou se intrometer no domínio das Red
Bulls, que tinham liderado o treino classificatório. Mas Webber
conseguiu assumir a ponta na segunda metade da corrida e, com uma parada
no boxe a mais, viu Vettel terminar na liderança. Único rival do alemão
na disputa pelo título, Fernando Alonso, fez uma corrida de
regularidade e terminou na quarta posição. Já o outro piloto de Ferrari,
o brasileiro Felipe Massa, cometeu um erro e terminou na décima
colocação.

Até agora Vettel ganhou todas as corridas disputadas após a pausa de
verão da Fórmula 1 e por isso tem consolidado sua caminhada para o
quarto título consecutivo. Ele está com 295 pontos, enquanto Alonso
alcançou 205. Restam ainda mais quatro corridas até o final da
temporada, sendo que a última será disputada no Brasil.

Pelo histórico na temporada e pela classificação no grid, era esperada
uma corrida tranquila para a Red Bull. Mas essa expectativa acabou na
largada, já que Grosjean pulou da quarta para a primeira posição. Mas o
início foi pior para Hamilton, que tocou em Vettel, teve seu pneu furado
e pouco depois saiu da corrida.

Mais atrás, Fernando Alonso fez uma boa largada, pulou para a sexta
posição e ficou na cola de Felipe Massa, mesmo após a rápida troca de
pneus dois dois. À frente, Webber e Vettel também mantiveram suas
posições, em segundo e terceiro, respectivamente.

A esperada troca de posições na Ferrari só aconteceu na 20ª volta,
quando Alonso superou Massa na reta do boxe. Porém, ele ainda tinha
Hulkenberg pela frente, antes de alcançar as Red Bulls. Em uma corrida
surpreendente, o alemão superou Daniel Ricciardo – que tinha atrasado a
parada nos boxes – e estava na quarta posição.

Com tanta disputa nas posições de trás, a briga pela frente ficou
distante e pelo menos passou a ser agitada. Primeiro Grosjean viu Webber
se aproximar, mas o australiano antecipou sua ida para os boxes e caiu
para terceiro. Com isso, Vettel ficou livre para brigar pela vitória e
ganhou mais uma posição sem precisar ultrapassar, já que chegou a hora
do francês da Lotus também parar.

Quem também teve problemas por parar nos boxes foi Felipe Massa – ele
excedeu a velocidade permitida e foi punido com um drive-thru por isso.

Enfim chegou a hora de Vettel trabalhar para ganhar posição: depois que
Webber passou por Grosjean, o francês ainda estava entre os carros da
Red Bull, mas foi ultrapassado na volta 42, após bonita manobra do
alemão. Imediatamente depois disso, Webber fez sua esperada terceira ida
para os boxes e deixou Vettel na liderança.

Com a vitória praticamente definida, as emoções finais ficaram por
conta de Alonso e Webber. O primeiro superou Hulkenberg em uma
ultrapassagem perigosa e alcançou a quarta colocação. Já o australiano
da Red Bull disputou a segunda posição com Grosjean e só conseguiu
conquistá-la na penúltima volta.

Compartilhe