Datafolha: se Marina desistir, Dilma fica com maior parte de votos

Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (13) pelo jornal “Folha de
S.Paulo” mostra que a presidente Dilma Rousseff pode ser a principal
beneficiada com eventual saída da ex-senadora Marina Silva da disputa
pela Presidência da República no ano que vem.
 

Segundo o levantamento, Dilma receberia 42% dos votos de Marina. O
senador Aécio Neves (PSDB) ganharia 21%, e o governador de Pernambuco e
aliado de Marina, Eduardo Campos (PSDB), 15%. Entre os entrevistados,
16% votariam em branco, nulo ou nenhum e 7% não sabiam ou não quiseram
responder.

Marina Silva se filiou na semana passada ao PSB, depois de ter negado
pela Justiça Eleitoral o registro da Rede Sustentabilidade, o partido
que pretende criar. O PSB garante que o candidato ? Presidência é
Campos. Marina poderia ser vice, mas os dois deixaram claro que a
definição sobre a chapa para concorrer ? s eleições só sairá no ano que
vem.

O levantamento deste domingo é um desdobramento da pesquisa divulgada
no sábado – veja no quadro ao lado -, que apontou Dilma com 42% das
intenções de voto e vencendo no primeiro turno se a eleição fosse hoje e
ela tivesse como adversários Aécio e Campos.

As candidaturas consideradas são prováveis ? só serão oficializadas
pelos partidos no primeiro semestre do ano que vem. A eleição de 2014
está marcada para 5 de outubro e, além de presidente, escolherá
senadores, deputados federais, governadores e deputados estaduais.

O Datafolha entrevistou 2.517 eleitores em 154 municípios nesta
sexta-feira (11), com margem de erro de dois pontos percentuais para
mais ou para menos.

Em simulações feitas pelo Datafolha com Marina Silva na disputa, a
eleição iria para o segundo turno. A ex-senadora aparece com até 29% das
intenções de voto a depender do cenário.

Serra em vez de Aécio

O Datafolha simulou ainda o que ocorreria com os votos de Marina Silva
caso o candidato do PSDB fosse o ex-governador de São Paulo, José Serra,
e o resultado foi parecido com o cenário considerando Aécio Neves como
candidato.

Dilma ganharia 40% dos votos da ex-senadora, contra 25% de Serra e 15%
de Eduardo Campos. Dos ouvidos, 15% votariam em branco, nulo ou nenhum e
6% não sabiam ou não quiseram responder.

Compartilhe