Mais de 2 mil políticos tinham benefício do Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) flagrou, por meio de um
levantamento, 2.168 políticos eleitos que teriam recebido dinheiro do
Bolsa Família, do governo federal. De acordo com a pasta, o motivo do
cruzamento de dados foi ?garantir a qualidade das informações cadastrais
e, consequentemente, a focalização do Bolsa Família?. Para isso, foi
feito o cruzamento da folha de pagamento do programa de transferência de
renda com a base de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Um decreto de 2004, proíbe qualquer político eleito e empossado de
receber os benefícios do Bolsa Família. Quem foi flagrado neste ato,
teve o benefício bloqueado em fevereiro de 2013. Após o bloqueio, o
ministério enviou ? s prefeituras um questionário com perguntas relativas
? situação dos políticos identificados.

A lei que versa sobre o tema diz que ?será obrigado a efetuar o
ressarcimento da importância recebida o beneficiário que dolosamente
tenha prestado informações falsas ou utilizado qualquer outro meio
ilícito, a fim de indevidamente ingressar ou se manter como beneficiário
do Programa Bolsa Família?.

Como o bloqueio do pagamento do Bolsa Família dos 2.168 beneficiários
que foram confirmados como políticos eleitos ocorreu no mês de fevereiro
de 2013, o único pagamento recebido foi em janeiro deste ano.   

Compartilhe