Desfalcado, Bahia se sente obrigado a bater Ponte Preta

A atuação apática na derrota para o Corinthians, na última quarta-feira, ligou o sinal de alerta no Bahia. Na 13.ª posição, com 32 pontos, o time está a apenas cinco do São Paulo, a primeira equipe da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Pela situação, a vitória sobre a Ponte Preta, neste domingo, ? s 18h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 26.ª rodada, é encarada como “obrigação” pelos jogadores.

“Temos de ganhar, não tem outro resultado”, afirmou o meia Wangler. “O campeonato é difícil, disputado e está muito nivelado, mas temos de somar pontos. Esperamos ter o apoio da torcida para conseguir a vitória”.

O técnico Cristóvão Borges, porém, tem três desfalques certos para o jogo, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo: o zagueiro Lucas Fonseca, o volante Hélder e o atacante Wallyson. O treinador não revelou os substitutos, mas a principal dúvida parece ser quem substitui o atacante. O volantes Rafael Donato e Fabrício Lusa, o meia Wangler e o atacante Anderson Talisca disputam a vaga.

Compartilhe