Dilma é vaiada ao defender governadora

A presidente Dilma Rousseff foi vaiada por uma plateia de estudantes
hoje em uma cerimônia em Ceará-Mirim (região metropolitana de Natal) ao
defender a governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini (DEM).

A governadora já havia sido vaiada do início ao fim durante seu discurso de cerca de sete minutos no evento.

Um coro permanente de vaias a Rosalba provocou constrangimento no
evento de inauguração de três institutos federais pela presidente Dilma.
A governadora por diversas vezes interrompeu seu discurso porque o
ruído das vaias era muito alto. Os estudantes também apontavam o polegar
para baixo e, no fim da fala da governadora, gritaram “fora, fora”.

Ao discursar, Dilma pediu “respeito” ? governadora. “A gente pode
discordar delas [das pessoas], mas a gente tem que deixá-las dizer o que
pensam. Vamos respeitar a governadora que está aqui”, afirmou,
recebendo vaias. “Isso é feio”, afirmou Dilma.

“Cidadania é respeito, ninguém respeita quem não te respeita”, disse a
presidente. Fora o momento em que tentou defender Rosalba, Dilma foi
aplaudida em suas intervenções.

Rosalba amarga baixos índices de aprovação e um governo em crise
econômica. Segundo pesquisa Consult/Band divulgada em agosto, a
governadora é desaprovada por 83% da população.

Compartilhe