ADAB realiza apreensão de carne clandestina em Castro Alves

Um comerciante de prenome Cecílio foi preso em flagrante no dia 28 de setembro durante operação da ADAB, em Castro Alves. Ele estava vendendo uma grande quantidade de carne clandestina no município. ?O alimento já estava em adiantado estado de decomposição?, informou Luiz Geraldo, gerente da ADAB, em entrevista ? Recôncavo FM.

De acordo com Geraldo, o produto apreendido foi exposto na rua, para que populares pudessem conferir a situação de perto. Muitos tiraram foto e fizeram comentários. Questionado sobre a maneira como o órgão tomou conhecimento deste caso, o gerente explicou que foi um fato anunciado.

Na semana anterior ? apreensão, o órgão avisou, por meio de cartazes, que faria uma visita a Castro Alves para tratar do comércio de carne clandestina. Na semana seguinte, especificamente no dia 28, houve a prisão em flagrante.

O senhor Cecílio ficou preso por alguns dias e após pagamento de fiança, foi libertado. Porém, o caso não se encerra assim, será julgado judicialmente. ?Não nos traz nenhum prazer prender ninguém nem destruir alimentos num país de famintos. É uma coisa que constrange muito, mas é meu trabalho?, finalizou Luiz Geraldo.

Compartilhe