Presidente da China cobra resgate de 74 vítimas do tufão Wutip

O presidente da China, Xi Jinping exigiu hoje (30) esforço de resgate
total depois que o tufão Wutip afundou barcos de pesca perto das Ilhas
Xisha, ontem (29) deixando 74 pessoas desaparecidas.

Em uma instrução especial dada após o incidente, Jinping pediu que as
autoridades locais façam o possível para encontrar os desaparecidos. O
presidente também ordenou que as forças armadas e os departamentos do
governo central ajudem no resgate.

O primeiro-ministro Li Keqiang fez apelo semelhante. Ele também pediu
? s autoridades locais para garantir a segurança do pessoal de resgate.

Esforços devem ser feitos para investigar os riscos de segurança em
potencial causados pelo Wutip, como realocar a população potencialmente
ameaçada pelo tufão e ajudar barcos de pesca a voltar ? terra firme em
segurança.

Um total de 74 pessoas foram confirmadas desaparecidas, após
naufrágios de três barcos de pesca , de acordo com o centro de resgate
de Hainan (próximo ? s ilhas). No total foram atingidos pelo tufão Wutip
cinco barcos de pesca do Sul da China, na província de Guangdong, com um
total de 171 pessoas a bordo.

Os barcos desapareceram na tarde de ontem quando tentavam navegar em
meio a vendavais perto das Ilhas Xisha. A partir do meio-dia desta
segunda-feira (horário local, 1h da manhã em Brasília), socorristas
encontraram 14 sobreviventes, disseram as fontes.

Compartilhe