UE apoia qualquer ação destinada a forçar destruição de armas químicas

A União Europeia (UE) vai apoiar qualquer ação internacional
destinada a forçar a destruição do arsenal químico sírio, disse hoje
(28) a representante da diplomacia europeia, Catherine Ashton. “A
resolução das Nações Unidas (adotada nessa sexta-feira, 27) representa
mais um passo rumo a uma resposta internacional unificada face ? crise
síria”, acrescentou Ashton, em comunicado citado pela Agência France
Presse.

Segundo ela, a resolução abre a porta para a eliminação de armas
químicas na Síria e dá uma resposta ? ameaça que representam essas armas
de destruição maciça. “A União Europeia apoiará todas as ações
decididas em nível internacional em caso de desrespeito” a essa
resolução, disse ainda Ashton.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, nessa sexta-feira,
resolução histórica sobre a destruição do arsenal de armas químicas da
Síria. É a primeira resolução adotada pelo conselho desde o início do
conflito na Síria, em março de 2011. O documento, resultado de acordo
entre os Estados Unidos e a Rússia, foi aprovado por unanimidade pelos
15 membros da instituição.

O conflito na Síria, que dura mais de dois anos e meio, já fez mais
de 110 mil mortos, 2 milhões de refugiados e 4 milhões de deslocados, de
acordo com dados da ONU.

Compartilhe