STJ decide manter indenização de R$ 40 mil de Dolabella a camareira

O ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), manteve decisão que condenou o ator Dado Dolabella a pagar R$ 40 mil de indenização ? camareira Esmeralda Honório por conta de uma agressão. A decisão do STJ é de quinta (19), mas foi divulgada nesta segunda-feira (23).

O G1 entrou em contato com a defesa do ator por telefone e email, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Noronha manteve decisão tomada pela 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que estabeleceu a indenização. Além da ação na esfera civil, o ator ainda é alvo de processo criminal por agressão.

O ministro do STJ disse que não havia razão para revisar o valor, uma vez que o TJ do Rio constatou que a camareira teve danos psicológicos e ficou impedida de trabalhar por 30 dias. Segundo ele, o STJ não seria capaz de revisar as provas.

Na época, a camareira contou ? polícia ter sido empurrada quando tentava apartar uma briga entre o Dado e a atriz Luana Piovani na boate 00, na Gávea, na Zona Sul. A confusão foi registrada por câmeras de segurança da boate.

Compartilhe