Farmacêuticos são autorizados a prescrever medicamentos

O Conselho Federal de Farmácia vai publicar uma resolução nesta quarta-feira que permite os farmacêuticos a prescreverem remédios que não necessitam de receitas médicas, como analgésicos, antitérmicos e fitoterápicos. Com isso, o cliente poderá se orientar com o profissional da farmácia sobre qual medicamento levar no caso de dores, gripe ou febre, por exemplo.

O Conselho Federal de Medicina já avisou que vai recorrer da decisão. O órgão considera a medida um risco e argumenta que as pessoas poderão deixar de receber um diagnóstico adequado de um médico.

“Se o farmacêutico também prescrever a medicação analgésica, deixa o paciente de ter a primeira chance de fazer qualquer diagnóstico de doença, porque uma simples dor de cabeça pode ser desde uma cefaleia comum ou um tumor cerebral”, diz o secretário do Conselho Federal de Medicina, Desiré Callegari.

Compartilhe