Sobe para quase 100 número de mortos em tempestade no México

Segundo o último balanço oficial, 97 pessoas morreram no México por
causa da Tempestade Tropical Manuel, que atingiu a Costa Oeste do país,
no Pacífico; e do Furacão Ingrid, que atingiu a Costa Leste, no
Atlântico. Sessenta e cinco mortes ocorreram no estado de Guerrero, no
Sul do país, o mais atingido pelas fortes tempestades.

Também continuam as buscas para encontrar 58 pessoas desaparecidas
na localidade La Pintada, no estado de Guerrero, depois que um
deslizamento de terras soterrou parcialmente o povoado, na quarta-feira
(18).

Na cidade balneária de Acapulco, um dos principais centros
turísticos do país e que ficou isolada, permanecem os esforços das
companhias aéreas e dos aviões militares para evacuar milhares de
turistas. Perto de Acapulco, cerca de cem estradas foram danificadas e
dezenas de rios transbordaram deixando muitas comunidades isoladas e sem
ajuda das equipes de resgate.

A temporada de ciclones no México começou em 15 de maio com a
Tempestade Tropical Alvin no Oceano Pacífico, e a expectativa é que se
encerre em novembro.

Compartilhe