Minha Casa Melhor puxa vendas de móveis, diz IBGE

A alta de 11,0% nas vendas de móveis e eletrodomésticos no mês de julho em relação a igual mês de 2012 já embute o impacto do programa Minha Casa Melhor, lançado pelo governo para os consumidores que participam do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, de acordo com a técnica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Aleciana Gusmão, da coordenação de Serviços e Comércio.

O programa Minha Casa  Melhor oferece financiamento subsidiado na compra de móveis e eletrodoméstico e já distribuiu R$ 1 bilhão. “Já começamos a ver repercussão dessa liberação de crédito em julho, sobretudo para eletrodomésticos, embora outros produtos também sejam contemplados”, disse Aleciana.

A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgada neta quinta-feira, 12, pelo IBGE também indica que os eletrodomésticos, sozinhos, foram responsáveis por uma alta de 14,9% nas vendas em julho, em comparação a julho de 2012.

Compartilhe